Home - Convergência Digital

Cobertura 4G rural: Vivo, Claro e TIM avançam. Oi, sem 700MHz, fica para trás

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 30/08/2019

Ir para o interior e tentar se conectar à Internet com qualidade é um desafio para os brasileiros, principalmente para quem está acostumado a usar o 4G na maior parte do tempo nas grandes cidades. Essa é uma das conclusões do novo relatório da Opensignal, empresa global e independente de análise móvel, sobre as diferenças entre a experiência de rede de áreas rurais e urbanas do Brasil. A pesquisa foi realizada entre 1 de abril e 30 de junho com dados de 1.080.679 celulares.

A análise foi feita com base nos critérios de topografia e densidade populacional do IBGE que dividem os municípios brasileiros entre urbanos, intermediários e rurais. Os números mostram que a liberação do espectro de conexão em 700 MHz após o desligamento da TV analógica vem trazendo efeitos positivos para a experiência móvel dos brasileiros.

Os usuários do 4G em cidades consideradas urbanas contam, em média, com 75% de disponibilidade de sinal, contra 41% em regiões rurais. Isso significa que a proporção de tempo que os brasileiros em áreas urbanas têm sinal de 4G disponível é 1,8 vezes maior em relação àqueles que estão no interior.

A Opensignal também fez uma análise mais completa da experiência móvel dos brasileiros. Nesse critério, foram avaliadas as disponibilidades de 4G e 3G de maneira combinada. As áreas urbanas apresentaram 90% de tempo de cobertura contra 74% das áreas rurais. Em municípios intermediários, a disponibilidade é de 79%.

Apesar da disparidade entre regiões, o Brasil segue evoluindo em termos de conexões móveis. Dentre as principais operadoras, a TIM se destacou com cobertura 4G de 84% nos municípios urbanos e 53% nos rurais. A Oi tem as piores métricas em ambas as análises: 64% nas regiões urbanas e apenas 14% nas rurais. O mau desempenho é explicado pelo fato de a operadora ainda não contar com a faixa de conexão de 700 MHz.

Na análise de 3G/4G por operadora, Claro, Vivo e TIM mostraram bom desempenho nas áreas urbanas, com média de 92% de disponibilidade. Nas regiões rurais, a Vivo se destaca com 80%, contra 76% da Claro, 75% da TIM e apenas 38% da Oi.



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/05/2020
Com 4G, pós-pago fica a 2,3 milhões do pré-pago

14/05/2020
Brasil passa de “regular” para “bom” na qualidade de vídeos pelo celular

30/04/2020
Governo silencia e Anatel avança com metas de 4G no PGMU

30/04/2020
Anatel testa primeira conversão de multa em obrigação de serviço com a Claro

30/04/2020
Telefonia móvel: diferença do pós-pago para o pré-pago chega a 1%

10/03/2020
Citrosuco contrata 4G em 700 MHz da TIM para conectar 1,9 milhão de hectares

06/03/2020
Claro e TIM duelam pela segunda posição no ranking móvel

06/03/2020
TIM usa bônus de dados para acirrar briga pelo cliente pré-pago

05/02/2020
Brasil ativou 46 novos celulares 4G por minuto em 2019

03/02/2020
TIM e Claro empatam na disputa por clientes no Brasil

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site