NEGÓCIOS

Rakuten: não há lugar para todos na guerra das maquininhas

Ana Paula Lobo ... 02/09/2019 ... Convergência Digital

A guerra das maquininhas traz benefícios para consumidores e lojistas, mas é fato que nem todos os atores vão sobreviver a essa batalha, afirmou ao Convergência Digital, o presidente da Rakuten no Brasil, René Abe. Segundo ele, o segmento exige uma grande organização para as margens cada vez menores e o nome do jogo é e será sempre: escala. "Há muitas empresas entrando no mercado de meios de pagamentos. Muitas não vão vingar, mas é importante ter esse ecossistema acontecendo", observa Abe.

Na jornada digital, o comércio eletrônico tem de dar o passo para a simplificação, acrescenta ainda o executivo. E um dos pontos mais críticos do ecommerce  - as fraudes- não serão extintas. "Fraudes sempre vão acontecer, mas é possível, com a inteligência artificial, detectar e identificar os padrões fraudulentos. Mas não vamos nos enganar: as fraudes sempre vão existir porque elas existem desde sempre no comércio. Cabe a nós, usar a tecnologia a nosso favor e estamos fazendo isso", acrescenta René Abe.

Com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais entrando em vigência no segundo semestre de 2020, a atualização das plataformas - que já era obrigatória - ganha ainda mais lugar estratégico. "Ferramentas desatualizadas abrem brechas na segurança da informação", atesta o presidente da Rakuten do Brasil. Nessa linha, a empresa está oferecendo o Rakuten Pay para a integração com o Magento 2. Dessa forma, o Rakuten Pay passa a ser o único facilitador de pagamento a atender todas as versões da série Magento 2, usando de forma completa os pontos de integração fornecidos pela plataforma.

"É uma conquista importante, pois a maioria dos facilitadores de pagamento ainda estão integrados apenas ao Magento 1 que, por sua vez, não receberá mais atualizações a partir de junho de 2020. E sem essas garantias de suporte, os lojistas não mais receberão patches de segurança ou de novas funcionalidades. Além disso, a integração pioneira é uma grande contribuição da empresa ao ecossistema Open Source", afirma o CEO e presidente da Rakuten Brasil.

O desenvolvimento da extensão do Rakuten Pay segue 100% as convenções e boas práticas definidas pela plataforma Magento e está imediatamente disponível no site de APIs da Rakuten Digital Commerce, o Rakuten Connector. "Tivemos o cuidado de seguir todas as especificações estabelecidas para o lançamento do Magento 2, diminuindo sensivelmente problemas nas integrações de extensões durante o processo de atualização e manutenção", complementa Abe. Os principais beneficiados são os lojistas que já utilizam a plataforma Magento 1 e que não encontram hoje uma alternativa concreta de atualização para a série 2 da plataforma, além daqueles que pretendem começar a operação de uma nova loja usando o Magento 2.


Cloud Computing
Reforma tributária é um assalto e ao software e serviços em geral

“É um desastre a reforma como está criada. E não é só o setor de tecnologia da informação. Todo o setor de serviços precisa se unir contra essa reforma. Vai aumentar serviço médico, transporte, educação. É o maior assalto aos contribuintes”, afirma o diretor jurídico da ABES, Manoel dos Santos.

Tecnologia da informação evita tombo maior do setor de serviços

Segundo o IBGE, apesar do desempenho ruim das telecomunicações, os serviços de TI exercem a principal contribuição positiva dos serviços no acumulado até agosto de 2019. 

Rio de Janeiro precisa deixar de exportar CPF e CNPJ

"O Rio é protagonista de geração de inteligência e, hoje, temos de nos desafiar para reter nossos talentos", afirma o coordenador do Rio Info 2019, Alberto Blois. A diversidade foi a 'cara' do evento em 2019.

Fusões e aquisições em TI remodelam o mercado interno

Pesquisa da KPMG mostra que, no primeiro semestre, aconteceram 61 operações de compra em TI no Brasil, sendo 39 domésticas, 18 aquisições por grupos estrangeiros e 4 empresas brasileiras comprando companhias estrangeiras.

BR Distribuidora: A TI não pode se esconder atrás dos processos para se defender

"A TI precisa entender que do jeito que era não funciona mais. Ela precisa se enxergar como parte integrante do negócio", diz o CIO da BR Distribuidora, Aspen Andersen.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G