NEGÓCIOS

Brasil troca R$ 10 bilhões em Bitcoins e bate recorde

Convergência Digital ... 08/10/2019 ... Convergência Digital

As corretoras brasileiras declararam ter movimentado 301,390.78 Bitcoins de entre janeiro e setembro deste 2019, o que, na cotação de 30/9 equivale a R$ 10.462.404.258,65, segundo informa o Cointrade Monitor. Se a média for mantida, ao final do ano as trocas nacionais terão movimentado pouco mais de 400.000 Bitcoins. 

O valor já é um novo recorde, superando os R$ 8 bilhões em transações com a criptomoeda registradas no país em 2017. Segundo o relatório, a maior corretora este ano é a MercadoBitcoin com 98,109.99 Bitcoins negociados, correspondendo a 32,55% do mercado nacional. O dia que registrou a maior movimentação no país este ano foi em 26/6, com 5,070.38 BTC. E o dia com menor movimentação foi 15/9, com 129.48 BTC. No Brasil, um Bitcoin vale mais de R$ 13 mil nesta terça, 8/10.  

“Apesar de um vigoroso aumento da quantidade negociações a partir de fevereiro, atingido seu clímax em maio, o mercado de Bitcoin tem sofrido um movimento contrário de queda desde julho. As causas desse arrefecimento podem ser externas, decorrente de decisões de bancos internacionais, ou internas, resultado da instrução normativa da Receita Federal 1.888, cujos efeitos vigoraram a partir de agosto de 2019, ou até mesmo como consequência da perda de credibilidade das empresas do ramo de criptomoedas que estiveram envolvidas em litígio com seus clientes”, analisa o Monitor. 

A partir desta Instrução Normativa, as corretoras de criptomoedas domiciliadas no Brasil, terão que passar algumas informações mensalmente para a Receita Federal sobre cada operação realizada.


Cloud Computing
Quase metade dos bancos de dados em nuvem não usa criptografia

Relatório de Ameaças na Nuvem da Unit 42, equipe de inteligência de ameaças da Palo Alto Networks, descobriu 199.000 templates de nuvem inseguros e que 60% dos sistemas de armazenamento em nuvem estão com o log desativado.

Fabricantes de PCs e celulares relatam falta de componentes para produzir no Brasil

Fabricantes informam que já há falta de insumos chineses por conta das ações para combater a epidemia Coronavírus. A China é a principal origem das importações de componentes do Brasil, totalizando US$ 7,5 bilhões em 2019.

Alta do dólar fez venda de impressoras cair no Brasil

No terceiro semestre de 2019, as vendas caíram 3,3% no País, afirma a IDC. A digitalização dos negócios gerou impacto nas vendas na América Latina.

Brasil fala muito, mas faz muito pouco para chegar à indústria 4.0

Levantamento da FIESP mostra que o número de empresas investindo na migração tecnológica caiu de 30%, em 2017, para 23%, em 2019. Os gargalos são a falta de recursos próprios, a não capacitação de funcionários e a falta de conhecimento em relação ao custo/benefício de investir na indústria 4.0.

Vendas de computadores crescem pela primeira vez desde 2011

Em 2019, alta foi de 0,6%, com 261 milhões de unidades. Lenovo, HP e Dell lideram e detém, juntas, 65% do mercado mundial. Apple recuou 0,9%. 


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G