Clicky

Home - Convergência Digital

Alemanha ignora pressão dos EUA e mantém Huawei no páreo para 5G

Convergência Digital* - 14/10/2019

A Alemanha não vai barrar equipamentos chineses das compras das operadoras de telecomunicações para implantação do 5G no país, informou nesta segunda, 14/10, um porta voz do governo ao apresentar novas regras relacionadas à nova geração tecnológica. 

“Não tomaremos nenhuma medida prévia para banir nenhum ator ou nenhuma empresa”, afirmou o porta-voz do governo federal alemão, Steffen Seibert, em conferência de imprensa realizada em Berlim nesta segunda. 

As operadoras alemãs Deutsche Telekom, Vodafone e Telefônica Deutschland terão que identificar e adotar padrões de segurança aperfeiçoados para elementos críticos de rede. 

Os fornecedores deverão ser certificados como confiáveis, garantindo recursos legais contra danos se houver prova de que os equipamentos foram usados para espionagem ou sabotagem. 

Os equipamentos críticos deverão ser certificados pela autoridade alemã de cibersegurança – o Escritório Federal de Segurança da Informação, ou BSI na sigla em alemão. 

A posição do governo da Alemanha se dá apesar da pressão dos Estados Unidos contra fornecedores chineses, especialmente a Huawei, que é o maior fornecedor mundial de equipamentos de rede. Todas as teles alemãs usam equipamentos da fabricante chinesa e alegaram prejuízos em dinheiro e atraso na implementação do 5G no país caso houvesse banimento. 

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/11/2020
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

24/11/2020
Minicom se diz cobrado por Bolsonaro para fazer o leilão 5G

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

17/11/2020
TBNet fecha parceria com tele para transformar 23 mil ATMs em hotspots Wi-Fi 5G

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

12/11/2020
Anatel e ABDI vão testar uso industrial e redes privadas no 5G

12/11/2020
Carlos Baigorri é o novo relator do edital do 5G na Anatel

Destaques
Destaques

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Classes D e E só têm o celular para teletrabalho e aulas remotas

Quase 40% dos alunos usam apenas os celulares para acompanhar as aulas online no Brasil, revela a 3ª edição do Painel TIC Covid-19, do CGI.br. No levantamento, porém, 36% dos alunos reclamam da baixa qualidade da conexão à Internet.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site