Home - Convergência Digital

Smartphone é usado por mais de 80% dos brasileiros para compras na Internet

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 29/11/2019

Uma pesquisa com 22 mil consumidores em 11 países, 2 mil deles no Brasil, além de 500 lojistas no país, destacou a grande preferência pelo uso de smartphones também para fazer compras pela internet. Segundo o levantamento, realizado pelo instituto Ipsos, quase 80% dos compraram via smartphone nos seis meses anteriores à pesquisa. No entanto, 37% das empresas globais ainda não estão preparadas para dispositivos móveis. Esse índice, no Brasil, é de 25%. 

A Índia lidera nesse quesito: 92% dos consumidores indianos disseram já ter usado o smartphone para fazer pagamentos online; e 81% dos comerciantes indianos garantem estar otimizados para aceitar compras via mobile. Com 83%, a Itália é o principal mercado europeu para consumidores que fazem compras online via smartphone; ao mesmo tempo, apenas 65% das empresas italianas relataram ter um site ou aplicativo otimizado para celular. Já nos EUA, 72% dos consumidores usaram um smartphone para pagar online desde o começo do ano, enquanto 57% das empresas relataram oferecer uma experiência otimizada para celular - este é o segundo índice mais baixo entre os países pesquisados, perdendo apenas para o Japão, com 49%.

Segundo a pesquisa, 76% dos consumidores no Brasil disseram usar dispositivos móveis para fazer compras ou pagamentos online, com tíquete médio em torno de R$ 503 por mês em compras via celular. E 74% dos lojistas brasileiros entrevistados garantiram que têm versão otimizada (responsiva) de suas lojas online para smartphones. Dentre os quase 26% de lojistas que ainda não estão prontos para o comércio via smartphones, 40% garantem que a otimização é a prioridade para os próximos 12 meses.

Além disso, 60% dos consumidores brasileiros dizem pagar contas ou fazer compras online via celular pelo menos uma vez por semana. Já os comerciantes entrevistados garantiram que 44% de suas vendas online se dão por meio de dispositivos móveis. 

Dentre os entrevistados no Brasil, 43% disseram ter feito compras online por meio de redes sociais nos seis meses que antecederam a pesquisa. E 52% dos lojistas nacionais entrevistados garantiram já estar vendendo produtos e serviços via redes sociais. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/12/2019
Compras via celular, mas com retirada em loja foram a marca da Black Friday no Brasil

02/12/2019
Games são campeões de desconto na Black Friday brasileira

29/11/2019
Smartphone é usado por mais de 80% dos brasileiros para compras na Internet

19/11/2019
Coleta de dados por microfones ou assistentes virtuais incomoda 75% dos consumidores

13/11/2019
Compras online crescem 35% no Brasil em 2019

24/10/2019
Vendas pela internet cresceram 23% no terceiro trimestre, para R$ 18 bilhões

22/10/2019
Dia das Crianças rende R$ 3 bilhões em vendas online

08/10/2019
Justiça define que sites de vendas não podem bloquear usuário sem aviso

23/09/2019
Sites de vendas não precisam fixar multa por atraso

23/08/2019
Dois em cada 10 internautas compraram por WhatsApp no Brasil

Destaques
Destaques

Redes privadas no 5G impulsionam o crescimento econômico do País

“Nas quatro verticais indicadas pelo governo as redes privadas podem ter impacto forte. Por isso a abertura regulatória é muito importante”, defende a gerente da Qualcomm, Milene Pereira. 

Teles não podem repetir 4G e serem engolidas pelas OTTs no 5G

“A gente não pode perder o bonde da aplicação, como aconteceu com Netflix, Spotify, Google, YouTube. Precisamos participar da cadeia de faturamento”, afirma o consultor de telecom da Claro, Carlos Alberto Camardella. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site