Home - Convergência Digital

Huawei diz que está pronta para continuar parceria com as teles no 5G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 12/02/2020

Procurada pelo Convergência Digital para falar sobre a possibilidade de o governo brasileiro criar restrições para a sua participação no 5G nacional - medida aventada em evento em Brasília, pelo secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes, que admitiu pensar na publicação de um Decreto específico, ou uma portaria, para tratar de regras sobre cibersegurança para as telecomunicações e para o 5G - a Huawei preferiu adotar uma postura de cautela.

A fabricante informou que 'segue acompanhando as discussões sobre a implementação da rede 5G no Brasil; que está presente no País há 21 anos e fornece equipamentos de 2G até 4,5G para as operadoras e está pronta para continuar a sua parceria no 5G".

A medida do Governo viria na esteira do recém-publicado Decreto 10.222, que estipula a Estratégia Nacional de Segurança Cibernética. Daí a avaliação de que seria possível uma política derivada daquela para telecomunicações. A norma, ainda que não necessariamente internalizada no edital do 5G, deverá, se a ideia for mesmo adiante, ser absorvida pela Anatel.

Uma das possibilidades em avaliação é exigir que a agência adote uma política que garante uma multiplicidade de fornecedores, nesse caso com alguma forma de limite máximo de presença de cada um deles nas novas redes. Na resposta ao Convergência Digital, a Huawei afirma ainda que 'os equipamentos e soluções 5G da companhia já estão em ação em outros países do mundo e estarão à disposição para oferecer aos brasileiros todos os benefícios desta nova era das telecomunicações". Há uma forte pressão do governo dos EUA para retirar a Huawei das redes 5G e o governo Bolsonaro tem um forte alinhamento com o governo norte-americano.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/02/2020
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

19/02/2020
CCT do Senado cria subcomissão para acompanhar leilão do 5G

19/02/2020
Defesa Cibernética: 5G do Brasil deve resistir a riscos de qualquer empresa ou nação

19/02/2020
Itamaraty: Norma para fatiar fornecedores no 5G é dispensável

19/02/2020
Vivo: Controle de segurança sobre a Huawei é igual a de qualquer fornecedor

19/02/2020
Anatel: Quem escolhe fornecedor 5G são as teles vencedoras do leilão

18/02/2020
Senado chama GSI, Anatel e Huawei para debater disputa entre EUA e China pelo 5G

18/02/2020
Brasil terá 6,2 bilhões de downloads de aplicações móveis até 2023

17/02/2020
Claro, Ericsson e Qualcomm fazem teste de compartilhamento dinâmico de espectro 5G na AL

17/02/2020
Consulta sobre edital do 5G começa a receber sugestões

Destaques
Destaques

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

5G: Diretrizes genéricas deixam espaço para acordo entre teles e TVs

Portaria do MCTIC não detalha qual a solução para interferências, indicando somente “medidas de melhor eficiência técnica e econômica”. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site