Convergência Digital - Home

Quase metade dos bancos de dados em nuvem não usa criptografia

Convergência Digital
Convergência Digital* - 14/02/2020

Apesar de ter ocorrido uma mudança radical na maneira como as equipes de DevOps estão aproveitando a infraestrutura de nuvem nos últimos 18 meses (com a infraestrutura como código - IaC - finalmente se tornando uma prática comum, pois as equipes tentam automatizar mais processos de criação na nuvem), os dados apontam que essa segurança na nuvem está, infelizmente, se movendo na direção errada, adverte o relatório de Ameaças na Nuvem, produzido pela Unit 42, equipe de inteligência de ameaças das Palo Alto Networks.

Os principais resultados do levantamento incluem:

- Mais de 199.000 templates inseguros em uso: os pesquisadores da Unit 42 identificaram vulnerabilidades de alta e média gravidades ao longo de sua investigação. Pesquisas anteriores da Unit 42 mostram que 65% dos incidentes na nuvem foram causados por simples configurações incorretas. Essas novas descobertas do relatório esclarecem por que as configurações incorretas da nuvem são tão comuns;
   
Quase metade - 43% dos bancos de dados na nuvem não são criptografados: manter os dados criptografados não apenas impede que os invasores leiam as informações armazenadas, como também é um requisito dos padrões de compliance, como o HIPAA;

- Um aumento de 20 a 30% nas cargas de trabalho mal configuradas na nuvem, com centenas de milhares de modelos inseguros em uso;
   
-As práticas inadequadas ainda são comuns, com 43% dos bancos de dados em nuvem não sendo criptografados e 60% dos sistemas de armazenamento em nuvem estão com o log desativado;e

-O grupo de mineração de criptomoedas '8220' usa IPs do - entre outros países - Brasil para suas operações de criptografia.

Embora a IaC ofereça às organizações o benefício de impor padrões de segurança de maneira sistemática, a pesquisa mostra que esse recurso ainda não está sendo aproveitado."É preciso apenas uma configuração incorreta para comprometer todo um ambiente de nuvem", observa o CSO para nuvem pública da Palo Alto Networks, Matthew Chiodi. Clique aqui para ler o relatório completo.


Destaques
Destaques

IDC: mercado de nuvem pública vai chegar a R$ 15 bilhões em 2020

Mercado de TI brasileiro vai crescer 5,8% impulsioando pelos negócios de clóud computing e pela aceleração do mercado de software. Nuvem privada tem a preferência das grandes empresas e fica com até 25% do orçamento destinado à TI.

BRK Ambiental, CTG Brasil e Via Varejo aderem à nuvem na jornada digital

Empresas implementaram a plataforma SAP S/4HANA para sustentar a estrastégia digital. Os negócios de cloud tiveram forte impacto na receita da SAP Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desafios às empresas: Contêineres, Orquestração e Microsserviços

Por Lenildo Morais*

Com o padrão “multi-edge edge computing”, o tráfego e os serviços de TI mudam de uma nuvem centralizada para micro-nuvens espalhadas o mais próximo possível dos usuários. As operadoras terão que oferecer serviços sob demanda, e mesmo em tempo real, para atender a todos os tipos de aplicativos.

Você já pensou no impacto que os seus dados geram no planeta?

Por Gustavo Loiola*

Hoje, são milhares de data centers espalhados pelo Planeta. É engraçado pensar nisso quando hoje falamos da tal da “nuvem" que armazena os nossos dados. Tiramos uma foto? Vai para a nuvem. Postamos no Instagram? Vai para a nuvem. Netflix, Spotify, Deezer? O streaming também está na nuvem.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site