Home - Convergência Digital
Veja mais
Veja mais

Harlen Duque, de Minas, assume SUCESU nacional

Da redação - 10/03/2020

O empresário mineiro, Harlen Duque, que é o atual presidente-executivo da Sucesu Minas, foi eleito por unanimidade para assumir o comando da SUCESU Nacional no biênio 2020/2021. O executivo definiu duas prioridades: unificar os processos da entidade e ampliar o leque de ofertas nacionais.

“A grande missão da Sucesu é promover o mercado de tecnologia por meio de eventos de conteúdo e relacionamento, conectando quem produz tecnologia e quem as consome. Nos últimos tempos, o leque de quem consome essas soluções aumentou, e hoje precisamos interagir com as mais variadas áreas, tais como Recursos Humanos, Direito e Marketing. Por isso, vamos atuar na padronização e unificação das ofertas em nível nacional, tendo como base o trabalho que desenvolvemos em Minas Gerais, para que os associados de todo o país tenham as mesmas experiências permeadas pela qualidade e pela inovação”, destaca.

Harlen Duque pretende abrir uma frente de trabalho para estabelecer proximidade da Sucesu Nacional com os órgãos governamentais que têm poder de decisão no que tange ao uso da tecnologia no dia a dia dos brasileiros. “Temos em discussão no momento a lei das startups e a LGPD, que vão mexer bastante com a economia e com o dia a dia dos brasileiros. Como defensora dos interesses dos usuários comuns e também de seus associados, é importante que a Sucesu participe de discussões relativas às leis que regulamentam o uso de tecnologias em nosso país”, declara.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Teletrabalho fica no vácuo legal com fim da vigência da MP 927/2020

O home office e as regras trabalhistas ficam sem uma legislação específica a partir de agora. MP caducou por falta de consenso entre deputados e senadores.

TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

O desembargador e vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2 Região, Rafael Edson Pugliese Ribeiro, em despacho, alerta que a falta de renovação da Convenção Coletiva 'é a falência do diálogo'. Convergência Digital publica a íntegra da decisão.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site