SEGURANÇA

TCU quer saber como está a segurança cibernética dos órgãos federais

Convergência Digital ... 26/03/2020 ... Convergência Digital

O Tribunal de Contas da União começou a fazer um levantamento para conhecer a estrutura de governança e gestão de segurança da informação (SegInfo) e de segurança cibernética (SegCiber) da Administração Pública Federal (APF), incluindo legislação, políticas e normativos, atores, atuação e responsabilidades.

O Decreto 9.637/2018, que instituiu a Política Nacional de Segurança da Informação, determina que compete aos órgãos e entidades da APF "instituir e implementar Equipe de Tratamento e Resposta a Incidentes em Redes Computacionais [Etir], que comporá a rede de equipes formada pelos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, coordenada pelo Centro de Tratamento de Incidentes de Redes do Governo do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República [CTIR Gov]".

A equipe de fiscalização realizará uma pesquisa com as Etir, sob coordenação do CTIR Gov, com objetivo de avaliar a capacidade de resposta dos órgãos públicos a incidentes de segurança da informação e a ataques cibernéticos. Os responsáveis pelas Etir receberão um e-mail contendo o link para responder a pesquisa, a qual ficará disponível no período de 23/3 a 3/4/2020.

As respostas servirão de insumo para que o TCU possa formular um diagnóstico mais abrangente das temáticas de SegInfo/SegCiber no âmbito da APF e, assim, planejar futuras ações de controle. Além disso, a pesquisa permitirá que aqueles que trabalham no dia a dia do processo de tratamento e resposta a incidentes de segurança da informação expressem suas opiniões, sugestões e dificuldades.


Consciência é a maior vacina contra os riscos cibernéticos

Em tempos de home office por conta do coronavírus, o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima, diz que cabe ao usuário redobrar seu cuidado. "Cada um tem de fazer sua parte", afirma.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

RNP terá programa para formar profissionais em Segurança Cibernética

O diretor da área na Rede Nacional de Pesquisa, Emilio Nakamura, assegura que a intenção é 'acelerar a formação de novos profissionais não apenas na Academia, mas também na inovação aberta'.

GSI: Educar o cidadão é o pilar da estratégia de segurança cibernética

Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República troca de marca - sai o cadeado e entra uma chave - para mostrar ao brasileiro que ações próativas são essenciais. "Não podemos atuar apenas como bombeiros nos ataques cibernéticos", afirma Ulisses Peixoto.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G