Convergência Digital - Home

Uso de nuvem cresce em empresas de todos os portes no Brasil

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 28/04/2020

A nova pesquisa TIC Empresas, divulgada nesta terça, 28/4, pelo Cetic.br, braço de estudos do NIC.br, mostra que o uso de diferentes serviços providos por meio de computação em nuvem vai aos poucos se espalhando por diversos portes de empresas no Brasil. 

Os indicadores relativos a 2019 mostram um aumento no uso de diversas ferramentas na comparação com o levantamento anterior, de 2017. O uso de email em nuvem passou de 27% para 39% das empresas, enquanto o armazenamento de arquivos ou bancos de dados cresceu de 25% para 38%. 

Ainda segundo a pesquisa, o uso de software de escritório em nuvem ampliou-se de 20% para 27% entre 2017 e 2019. Assim como também cresceu o uso de capacidade de processamento em nuvem, de 16% para 23% na mesma comparação. 

“Vários serviços tradicionais usados hoje pelas empresas são oferecidos em nuvem. Mas vale destacar a capacidade de processamento, que pode ser entendido como um uso mais qualificado, mas que já entra na rotina. Mesmo considerando-se que nuvem ainda é um serviço concentrado em grandes empresas, há crescimento”, avalia o gerente da pesquisa, Leonardo Lins. 

A pesquisa entrevistou 7 mil empresas com 10 ou mais empregados – portanto, abrangendo pequenas, médias e grandes empresas. E de fato os percentuais de utilização de nuvem são maiores quanto maior o porte da organização entrevistada. 

Mas como ressaltado pelo gerente da pesquisa, mesmo nas pequenas o uso da nuvem vai sendo disseminado. Assim, se o email em nuvem está em 63% das grandes empresas, é um serviço que faz parte de 54% das médias mas também é realidade para 36% das pequenas. 

Da mesma forma, no caso de armazenamento de arquivos, a nuvem é usada por 54% das grandes, 48% das médias e por 36% das pequenas empresas. Cenário semelhante para software de escritório – 39%, 32% e 26% – e para capacidade de processamento, presente em 37%, 29% e 22% das empresas, respectivamente. 


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Embratel centraliza dados do ministério da Saúde na nuvem

Os dados do Portal do Ministério da Saúde, do Portal Coronavírus e e-SUS-VE foram 100% migrados para a nuvem da Embratel. Entre os aplicativos migrados está o CoronavírusSUS. Os apps de saúde já atingiram picos de mais de 80 milhões de acessos diários.

Compartilhamento de dados fomenta o big data no governo federal

A TIC Governo Eletrônico 2019 mostra que ainda há muito por usar em análise de dados no governo. O MPF foi o maior utilizador dos dados para análise. O Executivo ficou com apenas 20%. Serviços na nuvem também ficam aquém do desejado.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site