INCLUSÃO DIGITAL

eGov digital: atendimento em tempo real fica abaixo de 10% no Brasil

Ana Paula Lobo ... 12/05/2020 ... Convergência Digital

A maior parte dos órgãos públicos federais e estaduais, além das prefeituras possui websites, mas a maioria é para divulgar informações e não para fazer um atendimento efetivo de serviço ao cidadão, revela a pesquisa TIC Governo Eletrônico 2019, realizada pelo CETIC.br, com dados apurados entre julho e dezembro do ano passado, portanto antes de qualquer impacto da pandemia de Covid-19, divulgada nesta terça-feira, 12/05.

O levantamento mostrar que os websites são pouco responsivos - ou seja, não permitem uma interação efetiva com o cidadão. Eles massificam informações, mas oferecem poucas opções de serviços efetivos. Apenas 9% dos órgãos federais admitiram ter atendimento virtual ou por chatbots à população. Nos estados, esse percentual cai para 6%. No caso do atendimento em tempo real o percentual fica ainda menor: ele cai para 8% nos órgãos federais e 5% nos estaduais. Nas prefeituras, entre as grandes com mais de 500 mil habitantes, apenas 38% admitiram ter alguma forma de atendimento em tempo real. O atendimento online por meio de atendentes em tempo real teve pouca evolução nas prefeituras. Em 2017, respondia por 10%. Em 2019, esse percentual ficou, em média, em 13%.

"Sabemos que a realidade da Covid-19 fez muitos sites federais, como o do ministério da Saúde, avançarem no uso dos dados, no uso das ferramentas digitais como o big data, mas é fato que a maior parte dos websites de governo, em qualquer esfera, tem muita informação do que se pode fazer, mas pouca oferta de serviços efetivas e 100% online ao cidadão", pontua o responsável pelo CETIC.br, Alexandre Barbosa.

O levantamento TIC Governo Eletrônico 2019 corroborou que o acesso à Internet é uma realidade na maioria dos órgãos e a boa surpresa é a massificação da fibra ótica como meio de conexão à Internet. Nas prefeituras, afirma Manuella Ribeiro coordenadora do TIC Governo Eletrônico 2019, o serviço mais disponibilizado é a emissão de nota fiscal eletrônica. Em 2017, as NFes eram emitidas pela Internet em 51% das prefeituras, em 2019, esse percentual subiu para 69%. Mas ainda é preciso fazer muito. Apenas uma em cada quatro prefeituras permite fazer agendamento de serviços.

O uso das redes sociais também está massificado. Tanto que 99% dos órgãos federais usaram as redes sociais, em especial, Facebook, Yahoo Profile e Google +, até já descontinuada pelo Google. O estudo ressalta porém uma tendência forte: o maior uso do Instagram e do Snapschat, com 64%. Interessante detectar que as OTTs - WhatsApp e Telegram são pouco disseminadas para a oferta de serviços, ficando em 28% nos órgãos federais e 25% nos Estados.

Veja os principais resultados do estudo TIC Governo Eletrônico 2019
[Arquivo PDF - 3 MB]


Carreira
Hacker ataca servidores do sindicato das empresas de TI do Rio de Janeiro

O TI Rio informou, por meio de nota oficial, que houve a perda de parte dos documentos e informações cadastrais e alerta as associadas para tomarem 'os devidos cuidados e precauções para não serem alvo'. O presidente do TI Rio, informa que o backup na nuvem foi crucial para salvar as informações.

Aloo Telecom cede rede de fibra ótica para viabilizar UTI virtual

A Aloo Telecom é responsável por toda a tecnologia por trás do projeto UTI Virtual, em pareria firmada com o Hospital do Coração (HCOR) e a Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial). Aliança permitirá atendimento em tempo rela para 100 leitos nos hospitais do SUS de Alagoas.

Menos de 1% dos sites no Brasil passou nos testes de acessibilidade

Brasil tem cerca de 14 milhões de sites ativos, segundo dados pesquisados pelo movimento Web para Todos.

França vai obrigar remoção de conteúdo de redes sociais em 1 hora

Lei impõe a rápida exclusão de conteúdos que envolvam pedofilia e terrorismo e dá até 24 horas para remoção do que for considerado “manifestamente ilícito”. 

ISPs levam acesso à Internet em fibra ótica para as prefeituras

O salto do uso da fibra ótica nos municípios foi destacado pela pesquisa TIC Governo Eletrônico 2019.  Em 2017, eram 45% e houve um impulso para 73% no ano passado. Em contrapartida, as conexões via rádio estão em baixa e caíram de 60%, em2017, para 49%, em 2019.

No Brasil, 45,9 milhões de pessoas ainda não acessam a Internet

Dados foram apurados pela PNAD Contínua IBGE e mostra que boa parte alega não saber usar ou falta de interesse. São 14,9 milhões de domicílios sem acesso à internet no Brasil. Mulheres superam os homens no acessso à Internet./p>

Governo inicia segunda etapa de contratação de ISPs para área de saúde

Está aberta a segunda chamada para a conexão de Postos de Saúde de todo o país. A RNP informa que, nessa etapa, onde não existir disponibilidade de fibra ótica será considerada alternativa em enlace de radio de frequência licenciada ou livre e satélite.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G