INOVAÇÃO

Economia decide liquidar a CEITEC, mas MCTI quer preservar patentes geradas

Ana Paula Lobo* ... 11/06/2020 ... Convergência Digital

O Ministério da Economia decidiu não mais privatizar, mas, sim, liquidar a CEITEC, criada no governo Lula para ser a estatal indutora de uma indústria nacional de microeletrônica. Os responsáveis pelo projeto de privatização sustentaram em reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos, nesta terça-feira, 10/06, que a decisão era a de recomendar a liquidação da estatal de chips por falta de interessados. A venda estava articulada para o começo de 2021.

Ao Jornal do Comércio, de Porto Alegre, um dos fundadores e articuladores da CEITEC, engenheiro e professor, Adão Villaverde, diz que a decisão 'é uma punhalada na estratégia da indústria 4.0 no Brasil'. Fato é que a CEITEC - que importou mestres, doutores e especialistas brasileiros que estavam atuando em outros países- não têm dado lucro há anos. O orçamento da estatal é de R$ 86 milhões e o faturamento fica, em torno, de R$ 15 milhões.

À reportagem, o secretário-executivo do, agora, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovavção, Julio Semeghini, diz que há a intenção de transformar a CEITEC em uma Organização Social (OS) e, assim, preservar parte dos talentos - mestres, doutores e especialistas - e dos ativos, especialmente os intangíveis, como as patentes geradas nos últimos anos. A proposta é transferir isso para o ministério.

“A liquidação não será feita de qualquer forma. Não queremos ter uma interrupção nos projetos da Ceitec e se houver interessados em absorver a parte que não fará parte da OS, queremos que essa empresa mantenha essa produção industrial no País”, completou Semeghini.






BC: Pagamento pelo WhatsApp terá de provar proteção aos dados

"Um arranjo que começa com 120 milhões de clientes não é pequeno", explicou Roberto Campos Neto.

Empresas nacionais reclamam da burocracia e deixam de investir em Inovação

Em pesquisa do Instituto Eldorado, empresas alegam que os instrumentos de fomento são burocráticos ou desconhecidos. Mais da metade das companhias ouvidas assumem que estão investindo menos em novas tecnologias.

Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G