Convergência Digital - Home

Uso da nuvem vai triplicar no governo federal

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 15/06/2020

O segundo pregão unificado para contratar a nuvem pública do governo federal responde a uma demanda triplicada, revela o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert. Segundo adianta a esta Convergência Digital, os planos anuais de contratação mostram a nuvem nos planos de mais da metade dos órgãos públicos. Entre renovações e primeiras compras, são R$ 245 milhões estimados para este ano. 

“Em nuvem, para 2020, 140 órgãos diferentes sinalizaram intenção de contatar, com um valor global estimado de R$ 245 milhões, sendo R$ 86 milhões em renovações de contratos já existentes e R$ 159 milhões de novos contratos”, afirma o secretário Heckert. “Ao ver esses números, a sinalização é de que vai triplicar o investimento nesse tipo de serviço na administração federal.”

O potencial é até maior, porque os planos anuais de contratação também sugerem a intenção de compras de R$ 490 milhões em servidores e ‘storage’, além de R$ 43 milhões em hospedagem de sistemas. “São itens que, a depender do resultado da contratação, poderão ser atendidos por este novo contrato”, diz o secretário de gestão.

O novo termo de referência, em consulta até 26/6, traz mudanças. “Os órgãos têm graus de maturidade muito diferentes. Alguns têm equipe técnica que domina o assunto e consegue fazer configurações, mas tem órgãos que não têm essa capacidade. Então, estamos expandido o portfolio de serviços, serão 89, para que os órgãos tenham maior possibilidade de escolher.” 

Como também explica Heckert, o modelo aprimorou a precificação dos serviços – “foram várias conversas com o TCU” – e abraçou a multinuvem. “ Fizemos muitas conversas com o mercado, com os grandes provedores, com os representantes, os integradores, e todos sinalizaram ser mais vantajoso ir par multinuvem. Para a administração também é melhor, porque evita ficar refém de um único fornecedor.” A consulta pública segue até 26/6. A ideia é ter edital na praça logo em seguida, para realizar o pregão em setembro e assinar contrato ainda em outubro deste 2020.  Cristiano Heckert é o convidado do CDemPauta, desta quarta-feira, 17/06, às 10 h. Ele vai falar sobre compras públicas na esfera governamental. Assista.


Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site