Home - Convergência Digital

Vivo Play embarca Amazon Prime Video em sua plataforma

Convergência Digital* - 29/06/2020

A Vivo anunciou nesta segunda-feira, 29/06, a disponibilidade do serviço de streaming Amazon Prime Video na sua plataforma de TV e vídeo, o Vivo Play. A partir de hoje, em uma experiência única, os assinantes do serviço de TV da Vivo poderão acessar o conteúdo disponível no Amazon Prime Video, diretamente pelo Vivo Play no decoder ou por meio do aplicativo para acesso em smartphones, TVs conectadas, tablets e notebooks.

Desta forma, o Vivo Play permite que o cliente busque seus filmes e séries favoritas em uma única plataforma. A operadora é a primeira a ter o serviço de streaming da Amazon embarcado em sua plataforma de TV e vídeo, reforçando sua estratégia em dar a melhor experiência de vídeo, com a melhor conexão, conteúdo e qualidade.

"A Vivo está comprometida em oferecer mais opções de conteúdo, sempre com diversidade e entretenimento. Este anúncio com a Amazon faz parte da nossa estratégia como empresa em oferecer aos nossos clientes as melhores experiências de vídeo, em qualquer plataforma, extrapolando o modelo tradicional de televisão por assinatura e tendo o Vivo Play como protagonista desse novo posicionamento", diz Marcio Fabbris, vice-presidente de B2C da Vivo.

"Ao disponibilizar o aplicativo Prime Video para os clientes da Vivo, podemos expandir ainda mais o número de pessoas que podem assistir aos filmes populares do Prime Video, programas de TV e as séries exclusivas Amazon Original como parte de uma experiência integrada de visualização contínua", disse João Mesquita, Head do Amazon Prime Video no Brasil.

Nas semanas seguintes, de forma gradativa, a plataforma de TV e vídeo da Vivo será atualizada automaticamente para permitir que o cliente descubra títulos populares e séries originais disponíveis no Amazon Prime Video quando e onde quiserem, em qualquer tela, seja TV, smartphone, notebook ou tablet.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/07/2020
Vivo terá 5G DSS, mas cobra leilão do 3,5GHz no começo de 2021

15/07/2020
Covid-19: Vivo antecipa R$ 1 bilhão a fornecedores

06/07/2020
UISA, de bionergia, contrata Vivo para ter 4G e IoT na produção de bionergia

02/07/2020
Depois da TIM, Vivo e Claro também são multadas em R$ 800 mil

29/06/2020
Vivo Play embarca Amazon Prime Video em sua plataforma

26/06/2020
Vivo Empresas fecha parcerias para clientes nas áreas de saúde e serviços

15/06/2020
Vivo e Santander se unem para importar 200 respiradores

04/06/2020
Anatel também rejeita pedido da Claro contra acordo Vivo/TIM

27/05/2020
Ao condenar Vivo, Justiça decide que Código do Consumidor é aplicável a pessoas jurídicas

18/05/2020
Vivo tem 130 novas vagas e já contratou 400 durante a Covid-19

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site