Clicky

Convergência Digital

Cientista de dados vai muito além de um analista de BI

Por Roberta Prescott - 03/07/2020

Até 2015, as empresas estavam acostumadas a trabalhar com data warehouses, mas com o advento de tecnologias novas, como o big data, houve a necessidade de começar a lidar com grandes volumes de dados, ressaltou Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação do SAS.

"Quando a gente passa a lidar com grande volume de dados, os reportes e os modelos estatísticos precisam performar bem e levar em consideração milhares de variáveis, você vê o papel do cientista de dados aflorando e não se trata mais de um analista de BI", explica.

Segundo ele, um papel do cientista de dados é de escolher variáveis que sejam importantes, observar os outputs e ver se estão condizendo com a realidade e lidar com as tecnologias novas. Assistam ao vídeo.


Agência Zmes: ciência de dados une tecnologia, negócio e marketing

Sócio-fundador e líder da área de tecnologia e dados da agência de marketing digital, Henrique Makauskas, diz que usar dados trouxe um diferencial competitivo ao negócio. O desafio segue sendo encontrar bons profissionais para trabalhar na área.

Ciência de dados para quem precisa de oportunidade

Em parceria com a escola de tecnologia Resilia, o iFood, está com inscrições abertas para  o Vamo AI, um programa de formação para jovens de baixa renda.São 30 vagas e as inscrições vão até o dia 18 de dezembro.


Ciência de Dados - clique aqui para ver o especial completo
Editora Convergência Digital
Copyright © 2005-2020 Editora Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site