Home - Convergência Digital

TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

Convergência Digital* - 21/07/2020

Nas primeiras três cidades em que vai lançar sua rede 5G usando compartilhamento de espectro com 4G (DSS) em setembro, Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas (MS) - como foi anunciado na convenção online da TIM pelo CEO Pietro Labriola- a operadora fará uma prova de conceito com um serviço de banda larga fixa sem fio (FWA, na sigla em inglês). A TIM usa os espectros de 700 MHz, 850 MHz, 900 MHz, 1,8 GHz, , 2,1 GHz e 2,5 GHz para a oferta de serviços 2G, 3G e 4G.

Será um serviço "zero touch, self-provisioning e self-caring", revelou o diretor de engenharia da TIM Brasil, Marco di Costanzo, de acordo com reportagem do site Teletime. Em outras palavras, será uma experiência "self-service", em que o próprio cliente compra o roteador (CPE) 5G e instala na sua casa, sem necessidade da visita de um técnico. Di Costanzo participou de painel sobre 5G e Wi-Fi 6 na edição digital do seminário Fórum de Operadoras Inovadoras, promovido nesta terça-feira, 21, por TELETIME e Mobile Time.

Costanzo também pontuou que a TIM "acabou de assinar um grande contrato de fornecimento de tecnologia RAN [de acesso] para os próximos três anos". Sem revelar quais são os fornecedores, o executivo afirmou que os equipamentos recebidos serão todos "5G ready", ou seja, prontos para a quinta geração, bastando atualização de software.

Fonte: site Teletime

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

31/07/2020
Ultrafibra da TIM chega ao Distrito Federal

30/07/2020
TIM espeta Highline: Transformar Oi em várias MVNOs não ajuda o cliente

29/07/2020
Investimentos em 5G vão dobrar em 2020 e serão maiores que 4G até 2022

29/07/2020
Estados Unidos fazem ameaça velada ao Brasil por 5G

28/07/2020
A10 e CLM lançam laboratório de capacitação em IoT/5G

27/07/2020
TIM permite acumular franquia de dados no pós-pago TIM Black

27/07/2020
Sem testes de campo, Anatel adia consulta sobre faixa de 3,5 GHz no 5G

27/07/2020
Deutsche Telekom já instalou 30 mil antenas 5G

22/07/2020
Holanda fatura R$ 7 bilhões em primeiro leilão 5G

22/07/2020
China rebate como Fake News retaliação à Ericsson e à Nokia

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site