Sem testes de campo, Anatel adia consulta sobre faixa de 3,5 GHz no 5G

Luís Osvaldo Grossmann ... 27/07/2020 ... Convergência Digital

Por conta da pandemia de Covid-19 e sem condições de retomar os testes de campo, a Anatel decidiu prorrogar por 30 dias a consulta pública que trata da destinação da faixa de 3,5 GHz ao 5G, parte da preparação do edital. Como alertaram as operadoras móveis nos pleitos à agência, os testes são “essenciais para a definição dos parâmetros técnicos”. 

Trata-se, na prática, da inclusão da fatia de espectro mais cobiçada para aplicações de quinta geração – no caso brasileiro, o naco reservado de 400 MHz entre 3,3 GHz e 3,7 GHz. No entanto, como historicamente ocorre no país, a recepção de antenas parabólicas nessa vizinhança (3,7 GHz-3,8 GHz) sofre interferência das aplicações móveis. 

“Há que se apontar que os testes em campo sobre a convivência entre os sistemas IMT operando na faixa de 3,5 GHz e os serviços de satélite na banda C adjacente, indicados como motivo basilar para a prorrogação da Consulta Pública nº 50/2020, podem afetar os regramentos objeto da presente proposta”, aponta a área técnica da Anatel no informe que sustenta a decisão de dar mais prazo. 

Oi, Claro e o Sinditelebrasil pediram mais 30 dias de consulta. Como apontou a Oi, “a falta dos resultados dos testes de laboratório e campo para a solução técnica de mitigação de interferências prejudiciais entre o IMT (5G) e a TVRO, [são] essenciais para comprovação e definição dos parâmetros técnicos que farão parte dos requisitos contidos no Ato ora em consulta pública e necessários para construção de contribuições conclusivas e de qualidade”. 


Internet Móvel 3G 4G
NASA leva 4G e projeta 5G na Lua

Agência espacial dos Estados Unidos escolheu a Nokia para implantar o sistema móvel de comunicação na Lua. Projeteo prevê que o primeiro sistema de comunicação de banda larga sem fio no espaço será construído na superfície lunar no final de 2022.

Em três meses, Anatel e PF apreendem mais equipamentos irregulares que em todo 2019

Somente entre julho e setembro deste 2020 foram 243,7 mil equipamentos sem certificação, entre baterias, carregadores, TV boxes, smartwatches e conversores digitais com Wi-Fi.

Reordenamento do uso dos postes tem custo estimado em R$ 20 bilhões pela Anatel

Montante seria o necessário para adequar o uso dos postes em 1,4 mil cidades com mais de cinco prestadores de telecomunicações. Agência reguladora também propõe a criação de um operador neutro para a resolução dos conflitos existentes com empresas de Internet e distribuidoras de energia.

Receita faz a maior apreensão de TV box piratas do Brasil

Mais de 60 mil aparelhos foram apreendidos, o que representa um prejuízo superior a R$ 50 milhões ao crime organizado.

Anatel, por Covid-19, autoriza Claro a adiar lançamento de novo satélite

Lançamento do StarOne D2, que promete conexões em banda Ku e banda Ka, agora, pode acontecer até agosto de 2021.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G