Clicky

Copel Telecom marca privatização para novembro e quer R$ 1,4 bilhão

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/09/2020 ... Convergência Digital

O Conselho de Administração da Copel aprovou a venda da Copel Telecom por R$ 1,4 bilhão, em leilão a ser realizado pela B3 em 9 de novembro deste 2020. O edital deve ser publicado em 21/9. A empresa tem cerca de 180 mil clientes.

O braço de telecom da estatal de energia detém 34 mil quilômetros de fibras ópticas e atende os 399  municípios do Paraná. A privatização é defendida pela geração de caixa insuficiente para manter investimentos. 

Além disso, o resultado de 2019 não ajudou. A Copel Telecom fechou o ano com prejuízo de R$ 120,4 milhões, depois do lucro de R$ 24 milhões em 2018. Segundo os números da empresa, a receita operacional foi R$ 22,6 milhões, 5,2% menor que no ano anterior, em movimento que segundo a própria “decorre principalmente da redução do número de circuitos de banda larga”. 

A Copel Telecom encerrou o ano passado com 412 funcionários e de acordo com planos já anunciados pela Copel, deverão todos ser realocados em outras empresas do grupo.


Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Uso da faixa de 6 GHz avança no mundo. 2021 terá dispositivos e celulares Wi-Fi 6E

No Brasil, conselho diretor da  Anatel decide se vai destinar os 1200 MHz da faixa ao uso não licenciado, em movimento semelhante ao que já se deu nos Estados Unidos. Movimento semelhante acontece na Europa e no Oriente Médio.

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G