Clicky

Home - Convergência Digital

Microsoft entra no 5G para brigar com Nokia e Ericsson

Convergência Digital - 28/09/2020

Um titã da TI quer brigar por um lugar entre os líderes do 5G, em especial, para dividir o mercado com Nokia e Ericsson. A Microsoft revelou nesta segunda-feira, 28/09, uma nova plataforma em nuvem com objetivo de permitir às operadoras de telecomunicações implantarem suas redes 5G de forma rápida, com redução de custos e com a oferta de serviços personalizados para clientes empresariais.

A entrada da Microsoft no 5G é parte de uma estratégia do governo Trump, que exigiu maior participação das grandes corporações do País no desenvolvimento da tecnologia, a partir da briga acirrada com a chinesa Huawei.

A nova plataforma estará no Azure, principal negócio de computação em nuvem da Microsoft, e a empresa diz que reduzirá os custos de infraestrutura, dará flexibilidade para adicionar serviços sob demanda e usar inteligência artificial para automatizar operações. O vice-presidente corporativo da Azure Networking, Youssef khalidi, prometeu uma redução de até 40% nos custos.

Para fazer frente no 5G, a Microsoft adquiriu as empresas Affirmed Networks e Metaswitch no início deste ano. “O DNA das telecomunicações foi obtido por meio dessas aquisições e passamos de um pequeno número de engenheiros neste espaço para centenas de engenheiros”, acrescentou Khalidi. A empresa já firmou parcerias com operadoras, como Verizon e AT&T, e com fornecedores como Samsung e Mavenir para usar ou vender a nova plataforma para clientes.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/12/2020
Teste na Europa registra 1Gb de velocidade em ondas milimétricas 5G

30/11/2020
Reino Unido endossa NEC no OpenRAN para tirar Huawei e provocar Ericsson e Nokia

30/11/2020
Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026, prevê Ericsson

27/11/2020
Teles: restrição a fornecedores é um risco ao 5G e aos consumidores

26/11/2020
Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

24/11/2020
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

24/11/2020
Minicom se diz cobrado por Bolsonaro para fazer o leilão 5G

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

Destaques
Destaques

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ondas milimétricas não apenas uma banda a mais para o 5G, mas são a base das novas aplicações com baixíssima latência, diz Francisco Soares, da Qualcomm. Wilson Cardoso, da Nokia, adverte que, até 2025, serão instaladas 200 mil ERBs para atender verticais específicas como a indústria 4.0.

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G precisa ser aberto e transparente

Por Fabio Rua

É possível afirmar que estamos vivendo um momento extremamente crucial na história da tecnologia, ainda mais após todo o processo de aceleração digital e transformação exigidos durante o período da pandemia de COVID-19. As decisões que tomarmos hoje sobre como as redes 5G serão construídas em nosso país terão um impacto sem precedentes na transformação dos negócios.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site