Oi quer cortar 2 mil postos de trabalho com demissão incentivada

Ana Paula Lobo* ... 09/10/2020 ... Convergência Digital

A Oi anunciou no fim da tarde desta sexta-feira, 09/10, que quer cortar dois mil postos de trabalho, ou 15% da sua força de trabalho, por meio de um plano de demissão incentivada. A companhia argumenta que manteve, desde 2016, o quadro funcional inalterado, apesar de 'todas as adversidades decorrentes do processo de recuperação judicial".

De acordo com o comunicado, o PDV é decorrente da implementação do plano estratégico de transformação, que tem como foco a massificação da fibra ótica no Brasil, “visando à transformação da companhia na maior provedora da infraestrutura de telecomunicações do país”, além da necessidade de readequação de estruturas organizacionais.

Os empregados que aderirem ao plano terão direito a condições diferenciadas, que incluem o recebimento de parcela de natureza indenizatória em função do tempo de empresa, além da extensão de benefícios, como plano de saúde, plano odontológico e seguro de vida. No dia 5 de outubro, o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, homologou o aditamento ao plano de recuperação judicial da companhia.

*Com informações da CVM




Internet Móvel 3G 4G
TIM ativa piloto de banda larga fixa com 5G DSS

Primeiros 300 clientes iniciaram testes da tecnologia em Bento Gonçalves (RS), Três Lagoas (MS) e Itajubá (MG). Operadora está entregando os equipamentos em comodato para os testes.

Anatel flexibiliza regras para as MVNOs

Em especial, agência passa a permitir que operadoras virtuais possam fazer contratos com mais de uma prestadora na mesma área de registro. 

Carlos Baigorri toma posse no Conselho Diretor da Anatel

Em cerimônia no Ministério das Comunicações, o novo conselheiro afirmou que "a Anatel tem diversos desafios para o ano que vem, como o leilão de 5G, e temos que garantir que a conectividade chegar a todos rincões do País, com qualidade e a preços acessíveis à população para que todos os brasileiros possam exercer a sua cidadania”.

Feninfra diz que sem desoneração da folha país perde R$ 2 bilhões e 500 mil empregos em Telecom

Segundo a presidente da entidade, Vivien Suruagy, caso o Congresso não derrube o veto de Bolsonaro à medida, haverá um "apagão de tecnologia" no país.

Para OCDE, tributação é gargalo de telecom no Brasil

“Um ponto fraco significativo é o alto nível dos tributos e das taxas aplicados ao setor de comunicações”, aponta a entidade em relatório sobre o setor. Infraestrutura passiva e renovação sucessiva de espectro merecem atenção. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G