Clicky

Convergência Digital - Home

AWS: TI tem de estar atenta à LGPD e aos papéis do cliente e do provedor de nuvem

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 10/02/2021

Para além das questões eminentemente jurídicas da Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18), as áreas de tecnologia da informação das empresas, o que vale desde os microempreendedores individuais, devem estar atentas aos diferentes conceitos trazidos pela legislação. E em especial diante do cada vez mais comum uso de sistemas de computação em nuvem, entender os papeis de cliente e provedor. 

“A questão da responsabilidade compartilhada é extremamente importante, até porque os provedores de serviços e os clientes têm responsabilidades conjuntas, ou cada um sobre algum aspecto”, lembrou o líder de conformidade técnica da AWS Brasil para o setor público, Fernando Gebara, em webinar realizado nesta quarta, 10/2, como parte da Semana de Segurança de Dados. 

“Por exemplo, obter consentimento do usuário para uso e compartilhamento dos dados, ou notificar o usuário o que se faz com os dados. Isso é uma parte que está com o cliente, seja o consentimento ou a determinação de como é feito o tratamento. Agora, quando fala que o dado é criptografado, com uma chave XYZ, esse aspecto é executado pelo provedor de serviços, uma vez que o cliente define. O provedor do serviço tecnológico é que faz esse trabalho.”

“A LGPD rege apenas os aspectos relativos ao processamento de dados pessoais. Toda a massa de dados de contabilidade, ou de processamentos internos, por exemplo, se não contiver dado pessoal, não é regida pela LGPD. Mas todas as organizações, especialmente a partir de um problema detectado, têm que demonstrar que adotou aspectos de segurança, procedimentos, processos, que comprovem que estava agindo da melhor forma possível, incluindo demonstrar a eficácia dessas medidas. Determinar quem fez acesso, quando os acessos ocorreram, por exemplo, são aspectos que as empresas precisam demonstrar que são capazes de fazer.”


Destaques
Destaques

AWS, Huawei e Google são a nova nuvem pública do governo federal

Governo rejeitou recursos de Claro, Globalweb, AX4B e Telefônica, e confirmou vitória da Extreme Digital Solutions, menor lance entre as 20 concorrentes: R$ 65,9 milhões. 

Multicloud está longe de ser simples e exige responsabilidade com a divisão dos dados

As empresas precisam entender que é preciso ter um planejamento e entender o que é preciso, de fato, blindar, e o que é possível perder. "Virtualização não é multicloud", afirma Leonel Oliveira, diretor geral da Nutanix no Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site