Clicky

Home - Convergência Digital

CPQD é o primeiro centro da América Latina a trabalhar com aplicativos na plataforma RIC

Convergência Digital - 11/02/2021

A Nokia anunciou nesta quinta-feira, 11/02, parceria com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPQD) do Brasil, para desenvolver aplicativos e soluções de Open RAN (O-RAN)  para controle inteligente de redes de acesso (Radio Intelligent Controller, RIC).

O acordo tem como foco o desenvolvimento de casos de uso em 5G, como acesso fixo sem fio (Fixed Wireless Access, FWA), cidades inteligentes, Internet das Coisas para Indústria 4.0 e redes de missão crítica, customizados para o mercado brasileiro e em colaboração com as operadoras móveis clientes da Nokia no Brasil. O CPQD é o primeiro centro de pesquisa da América Latina a trabalhar em aplicativos para a plataforma RIC.

 A partir da solução da Service Enablement Platform (SEP), da Nokia, que combina os recursos do RIC a uma computação de borda de multiacesso (Multi-access edge computing, MEC), a parceria foi projetada para criar casos de uso inovadores para a borda da rede, viabilizados pela solução otimizada e aberta da Nokia, AirFrame, para o servidor de borda, de modo que o CPQD possa explorar o potencial do 5G em oferecer um desempenho de rede superior, com segurança, menor consumo de energia e maior confiabilidade.

A solução SEP, da Nokia, habilita o desevolvimento de casos de uso inovadores mais perto da RAN. É executada no data center e pode compartilhar infraestrutura com Cloud RAN ou com outras funções virtualizadas de rede, por usar recursos abertos de API para tornar possível um ambiente de nuvem edge ágil e dinâmico, para um processo de inovação seguro com o ecossistema e seus participantes. A solução AirFrame, da Nokia, oferece infraestrutura de nuvem segura e de alta performance para ambientes internos e  externos.

RIC é uma tecnologia virtualizada de otimização em 5G que adiciona programabilidade ao RAN e torna possível o desenvolvimento de Inteligência Artificial  e Aprendizado de Máquina, bem como novos serviços. Tambem fornece uma estrutura para implementação de aplicativos provenientes de várias fontes. A plataforma RIC fornece funções e interfaces que aumentam as possibilidades de otimização, automação e permitem implementações de serviço mais rápidas e flexíveis.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/03/2021
5G privado para o B2B faz Telefônica fazer teste com rede open source TIP

18/02/2021
EUA querem usar mais o Linux no 5G

11/02/2021
CPQD é o primeiro centro da América Latina a trabalhar com aplicativos na plataforma RIC

05/02/2021
TIM entra em consórcio global para desenvolver o Open RAN

20/01/2021
Operadoras abraçam Open RAN aberto, mas cobram financiamento da União Europeia

Destaques
Destaques

WEG testa planta piloto com 5G privado standalone da Nokia

Iniciativa conta com a parceria da ABDI e da Anatel, uma vez que duas radiofrequências serão avaliadas:uma, abaixo de 6 gigahertz (GHz), e, outra, mais alta, entre 27,5 GHz e 27,9 GHz.

5G será muito mais B2B e vai injetar R$ 13,5 bilhões no mercado nos próximos dois anos

Finalmente o 5G entrou na lista das dez previsões para os mercados de Tecnologia e Informação e Telecomunicações da IDC para 2021/2022. Consultoria prevê que a receita virá de novos negócios com IA, IoT, cloud, segurança, robótica e realidade aumentada e virtual.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site