Clicky

Convergência Digital - Home

Kenlo se prepara para monetizar dados do CRM no mercado imobiliário

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 18/02/2021

Monetizar os dados do CRM. Esse é um dos objetivos da plataforma de serviços financeiros digitais para o mercado imobiliário, a Kenlo. Em entrevista ao Convergência Digital, os executivos do ecossistema - que recebeu um aporte de R$ 400 milhões e foi apontada pelo programa 'InovAtiva Brasil', do Ministério da Economia, como uma das 14 startups mais inovadoras do País, Denise Ghiu e Felipe Souza, falam de como lidar com dados sensíveis, com a LGPD e com a inovação para reformular um mercado, que ganha uma nova 'cara' com a transformação digital.

"Temos uma base ativa de 3 milhões de imóveis no nosso CRM, o que dá dados de mais ou menos 1 milhão de proprietários. Hoje temos 7200 imobiliárias de todo o país conectadas ao nosso ecossistema. São cerca de 55 mil imobiliárias no País. Temos um potencial enorme de crescimento", conta Fernando Souza,  head de produtos e UX da Kenlo.

Os dados são armazenados em uma nuvem privada contratada junto à AWS e toda a política de proteção de dados e adequação à LGPD foram implementadas. "Lidamos com dados sensíveis e temos de ter cuidado com o quê disponibilizar. Mas temos informações e dados que podem, sim, ser monetizados e um dos nossos maiores projetos nessa área é a capacitação dos corretores", conta Denise Ghiu, diretora da Kenlo.

Hoje a Kenlo possui um time dedicado a trabalhar com dados, a partir da montagem de um data lake para estruturar as informações de forma ágil e precisa. O objetivo, conta Souza, é usar cada vez mais inteligência artificial aplicada à base de dados para ajustar os processos de oferta e demanda.

E ir além de alugar e vender imóveis é uma missão da plataforma e a aposta, neste momento, está em incorporar serviços de crédito e de venda de produtos de seguro, criando uma sintonia fina entre proprietários, inquilinos e corretores.

"O nosso projeto não é isolado. Não queremos concorrer com as imobiliárias. Ao contrário, nossa ideia é ter um marketplace. Se o ecossistema não ganhar, não funciona. O corretor também é muito importante na relação de negócios. Hoje temos 10 imobiliárias com acordo fechados. Temos muito por conquistar", completa Souza.  A Kenlo é uma startup, lançada em setembro de 2020, a partir de um spin off da inGaia. A empresa fornece soluções de digitalização para imobiliárias locais, treinamentos para equipes, informações de mercado, possibilitando que as imobiliárias se transformem em plataformas completas de negócios.


Destaques
Destaques

AWS, Huawei e Google são a nova nuvem pública do governo federal

Governo rejeitou recursos de Claro, Globalweb, AX4B e Telefônica, e confirmou vitória da Extreme Digital Solutions, menor lance entre as 20 concorrentes: R$ 65,9 milhões. 

Multicloud está longe de ser simples e exige responsabilidade com a divisão dos dados

As empresas precisam entender que é preciso ter um planejamento e entender o que é preciso, de fato, blindar, e o que é possível perder. "Virtualização não é multicloud", afirma Leonel Oliveira, diretor geral da Nutanix no Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site