Clicky

INTERNET

TelComp: Sem postes não há oferta de banda larga e de 5G

Ana Paula Lobo ... 22/02/2021 ... Convergência Digital

Os postes são fundamentais para as redes de acesso sejam elas fixas ou móveis e não podem ser demonizados como acontece em vários municípios e órgãos como Procons e Ministério Público, afirmou o presidente-executivo da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas, TelComp, Luiz Henrique Barbosa, ao participar do Seminário Políticas de Telecomunicações, em evento online promovido pelo portal Teletime, nesta segunda-feira, 22/02.

"Sem postes, sem FTTH. Os postes são essenciais e devem ser tratados com a sua essencialidade. Órgãos como Procons e Ministério Público querem o enterramento, mas essa é uma medida que custa muito e demora muito", observou o executivo. Barbosa, no entanto, se mostrou bem cético com a defesa feita pelo presidente da Anatel, Leonardo de Morais, para se ter uma espécie de 'operador neutro', coordenando o uso dos ativos.

"Corremos o risco de criarmos mais um explorador e criar um poder dominante, um monopólio. Esse operador neutro vai requerer regulação e fiscalização rigorosas e não sei se temos condições de fazer isso", ponderou o presidente-executivo da TelComp. Para Luiz Henrique Barbosa, o que está faltando é uma política nacional, com orientação da Anatel e da Aneel(Agência reguladora do setor elétrico), com a participação dos ministérios associados ( Comunicações e Minas e Energia), assim, municípios teriam uma regra geral para cumprir.

O presidente da Anatel, Leonardo de Morais, sustentou que só se vai ter uma solução para o impasse entre todos os entes envolvidos no uso dos postes quando eles deixarem de serem vistos como problema e passarem a ser encarados como uma oportunidade de novos negócios. "Uma operadora neutra talvez não venha a ser a solução de todos os problemas existentes, mas é fato que, hoje, já estamos vivendo um monopólio e uma situação bem ruim", completou.


Revista Abranet 33 . jan-mar 2021
Veja a Revista Abranet nº 33
A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais impõe a contratação de um DPO (Data Protection Officer), profissional que tende a ficar cada vez mais requisitado e valorizado... Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

Ceará está proibido de impedir teles de bloquearem acesso à Internet ao fim da franquia de dados

Lei cearense foi considerada inconstitucional por decisão majoritária dos ministros do Supremo Tribunal Federal. O STF diz que confere à União, a competência privativa de dispor sobre telecomunicações.

STF decide que direito ao esquecimento não se aplica no Brasil

Em caso com repercussão geral, Supremo também fixou tese de que o conceito é incompatível com a Constituição Federal. 

Justiça manda Facebook remover críticas ao uso de máscaras contra a Covid-19

Rede social deve tirar do ar vídeo que questiona a validade de um decreto municipal, em Santa Catarina, que obriga o uso de máscaras pela população para evitar a propagação do novo coronavírus. 

Google, sem retorno financeiro, diz adeus ao projeto de internet por balões

Em blog, a Alphabet, empresa-mãe da Google, anunciou o encerramento da divisão Loon, depois de nove anos de pesquisas. No Brasil, a iniciativa teve uma experiência - ruim - no Piauí.

STJ autoriza Telebras fazer manutenção de rede durante o dia

Foi derrubada decisão que impedia a estatal de fazer a manutenção durante o dia para evitar problemas técnicos durante o horário comercial. Para o STJ, restrição ao trabalho representa risco de grave lesão à ordem, à segurança e à economia.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G