Clicky

INOVAÇÃO

Carrefour adota blockchain na cadeia de cítricos

Convergência Digital ... 08/03/2021 ... Convergência Digital

O Carrefour anunciou nesta segunda-feira, 08/02, uma nova linha de produtos com tecnologia blockchain: a de cítricos. A partir de agora, laranjas pêra, bahia, lima e tangerinas do selo Sabor & Qualidade, vendidas nas lojas do estado de São Paulo, poderão ser rastreadas por essa ferramenta em qualquer etapa de seu ciclo de vida. Com isso, por meio do QR Code nas embalagens, o cliente passa a ter acesso em tempo real a informações mais amplas, seguras, imutáveis e transparentes sobre o histórico de produção e transporte do produto, tais como a origem, safra, data de coleta, de processamento no packing house e chegada às gôndolas.

No Brasil, o Carrefour é pioneiro no uso do blockchain na cadeia alimentar, estratégia que está alinhada ao propósito da companhia de educar o consumidor para uma alimentação mais saudável e sustentável, seguindo o movimento global da companhia, denominado Act For Food. "Essa tecnologia contribui para a democratização da informação sobre a origem do produto para o consumidor, assim, ele pode escolher de forma responsável os alimentos que leva para casa, optando por produtos cuja história é possível conhecer e promover", avalia Lucio Vicente, Head de sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. "As informações fornecidas pelo QR Code asseguram que a produção é monitorada pela empresa e que se tratam de produtos com alto valor agregado", complementa.

A primeira linha de produtos lançada pela companhia com essa tecnologia - que faz parte da plataforma FoodTrust, em parceria com a IBM, e é um aprimoramento em relação à rastreabilidade tradicional adotada no mercado, pela riqueza de informações e confiabilidade - foi a de Suínos Sabor & Qualidade, em abril de 2019. Nesse caso, o blockchain permite também o acesso a dados sobre criação e controle veterinário, alimentação dos animais, transporte até o abatedouro e açougue, abate e controle de qualidade. Até o final de 2021, a expectativa é de que o uso do blockchain seja estendido a outras cadeias do selo Sabor & Qualidade.

Os produtos que compõem o selo 'Sabor & Qualidade' seguem cinco critérios: sabor, qualidade, autenticidade, preço justo e sustentabilidade. Esses pilares garantem a oferta de alimentos frescos, de qualidade e com sabor autêntico e natural, além de certificar a segurança, a procedência e monitorar os processos produtivos, adotando rigorosos conceitos de responsabilidade socioambiental. Esses alimentos possuem um QR Code na embalagem, pelo qual o consumidor pode obter informações relevantes sobre o percurso do produto que está adquirindo, como a localização da fazenda, detalhes técnicos, a data de colheita ou abate e o prazo de validade. Atualmente, a linha conta com 22 fornecedores de todas as regiões do Brasil e 24 cadeias produtivas com mais de 200 SKUs, com destaque para frutas como uva, mamão e laranja, além de carnes bovinas e suínas, presunto serrano, ovos, aves e peixes.


Cloud Computing
Segurança cibernética passa pela computação em nuvem

Em 2020, segundo pesquisa da IDC, foram investidos US$ 1 bilhão em serviços para detecção e combate às ameaças digitais na América Latina, e o aporte deverá ter chegado a US$ 1,33 bilhão até 2024. Segurança é prioridade máxima na TI, mas só virá com os aportes em cloud, afirmam os executivos.

E-Fórum 5G MMWAVE : Regulamentação e casos de uso na América Latina
2ª edição - Dia 15 de abril de 2021

EMBRAPII e FIESP incentivam projetos inovadores de startups

Iniciativas podem envolver áreas, entre outras, como Inteligência Artificial, Mobilidade, Bioeconomia, Grafeno, Biofármacos e Manufatura 4.0.

Transformação digital: um movimento com vencedores e perdedores

A afirmação é do cofundador da Decoupling.co, Thales Teixeira, sobre a digitalização do mundo acelerada pela Covid-19. Para o especialista, 2025 já chegou e exige uma readequação imediata das empresas por sobrevivência.

Governo destinou quase R$ 100 milhões para projetos de cidades inteligentes

O secretário Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Tiago Queiroz, disse que há projetos especiais como o água 4.0 e saúde 4.0. A deputada federal do PP/SC, Angela Amin, reforçou que as pessoas são a síntese das cidades inteligentes e é preciso um esforço para capacitar gestores públicos municipais e estaduais.

IA² MCTI lança edital voltado para inovação aberta com Inteligência Artificial

Já está disponível para consulta o edital de seleção das 15 empresas âncora do IA² MCTI, programa de aceleração tecnológica em inteligência artificial que visa aumentar a competitividade brasileira através da inovação aberta.

Dataprev cria Centro de Excelência em Internet das Coisas no Ceará

Estatal de TI montou uma Unidade de Desenvolvimento para experimentos e simulações em IoT voltada à transformação digital e ao Plano Nacional de Internet das Coisas.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G