Clicky

NEGÓCIOS

Produção setorial de TIC foi de R$ 506,5 bilhões em 2020

Ana Paula Lobo ... 23/03/2021 ... Convergência Digital

Apesar da crise econômica agravada com a pandemia de Covid-19, a produção setorial de TIC chegou a R$ 506,5 bilhões em 2020, com um crescimento de 2,4%, e a geração de 1,2 milhão de empregos, revela o estudo setorial apresentado pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais - Brasscom, nesta terça-feira, 23/03, no Brasscom TecFórum 2021. "TIC teve um papel relevante para assegurar o funcionamento da economia nacional em um ano tão conturbado como foi 2020", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

O segmento de software e serviços gerou R$ 216,1 bilhões, com um crescimento de 5,1%. "A pandemia acelerou o teletrabalho e houve uma demanda por mais tecnologia. Houve um avanço significativo", adicionou o presidente-executivo da Brasscom. Nessa área, computação em nuvem segue mostrando o seu vigor dos últimos anos, com um crescimento de 28% e com perspectivas de investimentos de R$ 181,9 bilhões até 2024. Quem também voltou a crescer foi o BPO, muito em função da necessidade de adequar o trabalho remoto à rotina das companhias.

A TI in House, feita por empresas de não tecnologia, mas que tem a tecnologia no seu core, como os bancos, por exemplo, chegou a R$ 49,8 bilhões, com um crescimento de 4,6%. O setor de Telecomunicações faturou R$ 240,5 bilhões, mas registrou um decréscimo de 0,4% em 2020. Os investimentos em redes caíram 15,6% e chegaram a R$ 7,2 bilhões. Mas a banda larga fixa- essencial para o teletrabalho e ensino a distância - cresceu 9% com 36 milhões de acessos. "Telecomunicações se ressentiu da crise, mas terá papel crucial para sustentar a transformação digital", ressaltou Sergio Paulo Gallindo.


Cloud Computing
Agência dos EUA adverte para novas vulnerabilidades no Microsoft Exchange Server

Segundo a NSA, voltada à Segurança Nacional, 44 serviços são afetados,  entre eles os fornecidos pela nuvem como o Azure, Exchange Server, Office, Visual Studio Code e Windows. Boa parte é considerada crítica.

TI da América Latina será última a se recuperar da pandemia de Covid-19

Gastos globais de tecnologia da informação em 2021 já serão maiores que 2020, mas na China, EUA e Europa. Na América Latina, Brasil incluído, a recuperação só virá em 2024, aponta o Gartner.

Em reviravolta na Suprema Corte, Google derrota Oracle em ação bilionária pelo uso da Java

Por maioria de 6 a 2, a Suprema Corte dos Estados Unidos conclui que APIs são “significativamente diferentes” de outros programas de computador e rejeitou cobrança por violação de direito autoral. 

Intelsat contrata e abre centro de suporte a clientes no Brasil

Para o centro brasileiro, localizado no Rio de Janeiro, a empresa de satélite contratou 10 funcionários, que serão responsáveis pelo atendimento a clientes no país e em toda a América Latina.

Competitividade: o mantra do Brasil no jogo da economia digital

Em entrevista à CDTV, o executivo falou sobre os três objetivos estratégicos para 2021: reforma tributária digna para desonerar o emprego; formação de talento e medidas para garantir o uso intensivo de dados.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G