Clicky

Home - Convergência Digital

Vivo Pay chega integrado ao Pix e disponível para não clientes

Da redação - 29/04/2021

A Vivo lançou o Vivo Pay, uma conta digital que permite a realização de diversas transações bancárias direto pelo app, com segurança e de forma fácil e simples. O serviço, disponível para qualquer pessoa, é um avanço na estratégia da Vivo na área de serviços financeiros e contribui para a inclusão financeira da população, já que oferece, entre outras funcionalidades, um cartão pré-pago virtual Visa, sem anuidade, para compras online; e permite enviar e receber dinheiro e pagar contas via PIX. Além disso, ao utilizar o Vivo Pay, os usuários podem ganhar até 20GB de "Gigaback" - recompensa em pacotes de dados da Vivo.

Este é um importante passo da estratégia da Vivo na área de serviços financeiros, reforçando o posicionamento da empresa como hub de serviços digitais, que facilita o acesso das pessoas a outros serviços, além de telecomunicações. Com o Vivo Money, lançado em outubro, a Vivo passou a ofertar crédito pessoal para seus clientes pós e controle. E o Vivo Pay traz para toda a população uma nova opção para fazer operações corriqueiras do dia a dia, como pagar contas sem precisar ir a uma lotérica, enviar e receber dinheiro via PIX ou fazer recarga de celular.

"A pandemia levou a uma aceleração na inclusão financeira da população, mas ainda há uma grande parcela de brasileiros desbancarizados ou pouco bancarizados. Muitos são clientes Vivo, têm proximidade com a nossa marca e fazem recargas de crédito pré-pago todos os meses. Uma conta digital gratuita da Vivo pode contribuir muito no dia a dia deles, dando acesso a um mundo de oportunidades. É um serviço que traz facilidade para as pessoas, em linha com o nosso propósito de Digitalizar para Aproximar", diz Rodrigo Gruner, diretor de Serviços Digitais e Inovação da Vivo.

Gigaback e outras funcionalidades

Além de ganhar facilidade e praticidade para realizar transações financeiras, o Vivo Pay tem o "Gigaback". Ao usar o serviço, clientes da Vivo podem ganhar até 20GB para navegar na internet. Basta usar diferentes funcionalidades do Vivo Pay, como completar o cadastro da conta digital, que gera 2GB; ou fazer o primeiro depósito em conta, que dá outros 2GB. Ao realizar a primeira compra com o cartão pré-pago virtual, o usuário ganha "Gigaback" de 6GB e, com a primeira recarga Vivo, recebe outros 10GB. Ao longo do tempo, outras funcionalidades vão gerar "Gigaback".

"Ao invés de oferecer cashback e dinheiro, decidimos oferecer GB como recompensa para os usuários do Vivo Pay, pois sabemos como a conectividade tornou-se ainda mais essencial devido à pandemia. Queremos gerar valor para nossos clientes", explica Gruner.

Para usar o Vivo Pay, basta fazer o download do aplicativo, disponível para Android e iOS. O serviço é livre de anuidades ou mensalidades e a navegação no app não desconta da franquia de clientes Vivo. O Vivo Pay é integrado ao PIX, possibilitando que o usuário faça depósitos em sua conta Vivo Pay, envie e receba dinheiro entre contas do Vivo Pay e outros bancos, e pague por QR Code, sem a cobrança de tarifas. Também é possível fazer transferências e depósitos via boleto, TED e DOC.

Os usuários do Vivo Pay têm um cartão pré-pago virtual Visa, sem anuidade, para fazer compras online. Com o cartão, eles também podem comprar, direto no Vivo Pay, créditos para usar com serviços digitais, como Uber, Spotify e iFood; e fazer recargas de celular de qualquer operadora - ao usar o Vivo Pay para recarregar créditos em celulares Vivo Pré, o cliente ganha bônus de internet de até 2GB, variando conforme o valor da recarga.

Nos próximos meses, o Vivo Pay ganhará outras funcionalidades, como saque sem cartão; recarga de transporte público e será conectado a outros produtos e serviços da Vivo e de parceiros. O objetivo é que o Vivo Pay seja o meio de pagamento da Vivo e para isso seguirá em constante evolução, trazendo cada vez mais facilidade e benefícios.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/06/2021
Vikstar/Telefónica: Funcionários denunciam quebra de acordo de demissão

07/06/2021
Com ajuda da IA, Vivo quer recondicionar 1,5 milhão de modems e decodificadores até dezembro

17/05/2021
Depois do Pix, PagTesouro permite pagamento com PicPay

14/05/2021
Pix completa seis meses movimentando R$ 951 trilhões

12/05/2021
À espera da Anatel, Vivo quer ter rede neutra de fibra no segundo semestre

12/05/2021
Hub digital, Vivo lança oferta especial do Spotify Premium

12/05/2021
Vivo investe na criação da Vida V, um marketplace de saúde e bem-estar

03/05/2021
Vickstar/Vivo não cumpre acordo e 2400 trabalhadores entram em greve em Teresina

30/04/2021
Banco Central descarta brecha de segurança no Pix e adverte contra golpes

29/04/2021
CADE aprova compra de torres da Vivo pela American Tower

Destaques
Destaques

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

STJ: É ilegal polícia clonar celular de investigado

Para o Superior Tribunal de Justiça, além de constituir uma forma ilícita de interceptação, esse procedimento acarretaria a suspensão indevida da comunicação telefônica e telemática dos investigados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G e a expansão da capacidade de inovação

Por Alex Takaoka*

Segurança da informação, interoperabilidade e infraestrutura ocuparão um papel importante na implantação da tecnologia 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site