Home - Convergência Digital

Um terço dos trabalhadores de call centers sofre distúrbios psíquicos

Convergência Digital - 04/05/2021

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Telemarketing (Sintratel), praticamente um terço dos trabalhadores que atuam nos call centers do Brasil sofrem de transtornos psíquicos.

Atualmente, apenas na Região Metropolitana de São Paulo existem aproximadamente 100 mil profissionais no setor de telemarketing. A região concentra 7% dos profissionais de todo o pais, que tem 1,5 milhões de pessoas atuando na área.

O levantamento feito pelo sindicato mostra que depois da LER (lesão por esforço repetitivo), que atinge 36% dos trabalhadores, os transtornos psíquicos são os que mais atingem os funcionários (30%).  

O relatório aponta que esses problemas são causados por diversos fatores como estresse, pressão constante e trabalhar de maneira exaustiva.O terceiro maior fator de desgaste da saúde dos funcionários do setor são as perdas auditiva ou na voz, que somam 25%.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/05/2021
Um terço dos trabalhadores de call centers sofre distúrbios psíquicos

03/05/2021
Vickstar/Vivo não cumpre acordo e 2400 trabalhadores entram em greve em Teresina

27/04/2021
Vivo abre 100 vagas no call center para pessoas com deficiência

15/04/2021
Com salários pagos, trabalhadores da Vikstar/Vivo lutam por empregos

14/04/2021
Vikstar insiste que acertou salários depois de a Vivo regularizar pagamentos

14/04/2021
Vivo antecipa pagamento, Vikstar paga parte do salário atrasado e TRTs assumem mediação

13/04/2021
Trabalhadores da Vikstar/Vivo em São Paulo entram em greve para receber atrasados

12/04/2021
Empresa de call center dá calote em 8 mil trabalhadores. Vivo rompe contrato

12/03/2021
WhatsApp é bloqueado para telemarketing em São Paulo

20/10/2020
Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Trabalho híbrido, cloud, segurança, 5G: como fica o mercado de TI no Brasil?

Por Mauricio Suga*

A pandemia da Covid-19 e as mudanças decorrentes dela foram grandes aceleradores da transformação digital, tanto no Brasil quanto a nível mundial. Mudamos a maneira como trabalhamos e entendemos o local de trabalho, como gerimos e nos relacionamos com equipes e, também, revisitamos as prioridades de investimentos organizacionais, sejam elas de curto ou longo prazo.

Destaques
Destaques

Governo reedita redução de jornadas de trabalho e suspensão de contratos por conta da Covid-19

Programa passa a ter validade a partir desta quarta-feira, 28 de abril e terá validade de 120 dias.Trabalhador que for inserido no programa terá estabilidade de até seis meses.

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Receita Federal: Saiba como declarar jornada reduzida no Imposto de Renda

A maior parte dos funcionários do setor de TICs foi incluído no Benefício Emergencial de Preservação de Emprego e da Renda (BEm) em 2020 como medida para aliviar o impacto econômico da Covid-19. Fisco orienta como acertar as contas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site