Clicky

GESTÃO

eSocial mantém obrigação para o Simples, mas adia envio das pessoas físicas

Luís Osvaldo Grossmann ... 09/06/2021 ... Convergência Digital

Enquanto aguarda a publicação do novo calendário do eSocial – e especialmente o início das operações com a versão simplificada do sistema, o governo soltou um comunicado de que estão suspensos alguns dos envios previstos para este mês de junho.

“Os eventos de Saúde e Segurança no Trabalho (SST), previstos para o mês de junho, ficam automaticamente adiados, uma vez que somente serão recebidos na nova versão.”

Adicionalmente, “o mesmo se aplica para o envio dos eventos de folha dos empregadores/contribuintes pessoas físicas (exceto doméstico), previsto originalmente para o mês de maio/2021, cuja entrada também está vinculada à nova versão S-1.0”.

Como ressalta o comunicado, “para as empresas do 3º Grupo de obrigados ao eSocial (empregadores pessoas jurídicas), o envio de folha para a competência maio/2021 está mantido”. É que as empresas do Simples devem alimentar os dados na versão original do eSocial.

No caso dos eventos de SST e os dados de folha para os empregadores pessoas físicas, a retomada dos envios depende da publicação do novo calendário. Uma minuta de portaria já está pronta, aguardando assinatura. O que significa que a publicação é esperada para qualquer momento.

A versão simplificada do eSocial está pronta e tinha previsão de início de operação em meados de maio. Mas houve um pedido da Dataprev para adiar a data porque a estatal não conseguiu realizar a integração dos dados do Cadastro Nacional de Informações Sociais ao novo sistema. Há alguma expectativa de que isso possa acontecer em julho. Mas o novo calendário de envios de SST só deve ser retomado a partir de outubro.


TST: Grupo de WhatsApp ou Facebook não implica em suspeição de testemunha

Tribunal Superior do Trabalho decidiu que fazer parte do mesmo grupo em redes sociais não configura amizade íntima que impeça testemunho em ação trabalhista.

Com ajuda da IA, Vivo quer recondicionar 1,5 milhão de modems e decodificadores até dezembro

A Vivo recolhe e recupera mais de 100 mil destes equipamentos por mês, que passam por atualização de software, reparos técnicos e estéticos.

Governo indica que vai pagar aluguel para quem comprar sala limpa do Ceitec

MCTI também sugere corte nos recursos para a Organização Social que vai ficar com a propriedade intelectual da estatal liquidada, R$ 30 milhões por ano estimados inicialmente já caíram para R$ 20 milhões.

Governo projeta substituir 53 mil servidores por robôs em 2030

Em 2040, mais de 68 mil servidores aptos a se aposentar poderão ser substituídos pela automação. Em 2050, poderão ser mais de 90 mil, segundo pesquisa feita pela Enap.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G